Para uma memória…

Alguns registos sobre a AFIRSE PORTUGAL para memória futura.


 Memória 5

Durante o XXIV COLÓQUIO realiza-se a eleição dos novos órgãos sociais da AFIRSE PORTUGAL para o período de dois anos (2017-2019). Concorre apenas uma lista (Lista A), com a seguinte composição:

Mesa da Assembleia Geral
Presidente – Patrícia Maria Freire de Andrade de Carvalho Rosado Pinto (sócia nº 5)
Vice-Presidente – José Brites Ferreira (sócio nº 43)
Secretário –  Ana Rita Faria da Ponte Milheiro (sócia nº 48)

Direção
Presidente – João Manuel da Silva Pinhal (sócio nº 8)
Vice-Presidente – Carmen de Jesus Dores Cavaco (sócia nº 12)
Tesoureiro – Maria João Cardona Correia Antunes (sócia nº 9)
Secretário – Fernando António Albuquerque Costa (sócio nº 6)
Vogal – Joana Filipa Vieira Gomes Barreiros Marques (sócia nº 7)

Conselho Fiscal
Presidente – Belmiro Gil Cabrito (sócio nº 18)
Relator – Maria do Carmo Pereira de Campos Vieira da Silva (sócia nº 10)
Vogal – Ana Paula Viana Caetano (sócia nº 25

Mandatária da Lista: Maria Teresa de Lemos Correia Cordeiro Estrela (sócio nº 2)


 Memória 4

Durante o XXII COLÓQUIO realiza-se a eleição dos novos órgãos sociais da AFIRSE PORTUGAL para o período de dois anos (2015-2017). A lista A, lista única, foi aprovada pela totalidade dos associados que exerceram o seu direito de voto. É a seguinte, a constituição dos novos órgãos:

Mesa da Assembleia Geral
Presidente – Maria Ângela Perpétua Rodrigues (sócio nº 39)
Vice-Presidente – Patrícia Maria Freire de Andrade de Carvalho Rosado Pinto (sócio nº 5)
Secretário – José Brites Ferreira (sócio nº 43)

Direção
Presidente – João Manuel da Silva Pinhal (sócio nº 8)
Vice-Presidente – Carmen de Jesus Dores Cavaco (sócio nº 12)
Tesoureiro – Maria João Cardona Correia Antunes (sócio nº 9)
Secretário – Fernando António Albuquerque Costa (sócio nº 6)
Vogal – Joana Filipa Vieira Gomes Barreiros Marques (sócio nº 7)

Conselho Fiscal
Presidente – Belmiro Gil Cabrito (sócio nº 18)
Relator – Maria do Carmo Pereira de Campos Vieira da Silva (sócio nº 10)
Vogal – Ana Paula Viana Caetano (sócio nº 25)


Memória 3

No seguimento do ato de constituição formal da AFIRSE PORTUGAL, é a seguinte a composição dos órgãos dirigentes para o período de 2014 a 2016:

Mesa da Assembleia Geral
Presidente: Albano Cordeiro Estrela
1.º secretário: João Manuel da Silva Pinhal
2.º secretário: Maria do Carmo Pereira de Campos Vieira da Silva

Direcção
Presidente: Maria Teresa de Lemos Correia Cordeiro Estrela
Vice-presidente: Patrícia Maria Freire de Andrade de Carvalho Rosado Pinto
Secretária: Carmen de Jesus Dores Cavaco
Tesoureira: Maria João Cardona Correia Antunes
Vogal: Júlia Lopes Ferreira

Conselho Fiscal
Presidente: Belmiro Gil Cabrito
Relator: Joana Filipa Vieira Gomes Barreiros Marques
Secretário: Fernando António Albuquerque Costa

Estes primeiros órgãos sociais interromperam o seu mandato de forma a permitir novas eleições por ocasião do XXII Colóquio da AFIRSE Portugal.


Memória 2

Mensagem da Presidente da Direção, Professora Doutora Maria Teresa Estrela:

Aos Associados e simpatizantes da AFIRSE PORTUGAL

Após um longo processo de negociação com a AFIRSE Internacional, que rejeita ser uma federação de secções, e com um membro de notariado português para a adaptação dos estatutos ao Código Administrativo português, conseguiu-se, finalmente, o registo em Portugal da secção portuguesa da AFIRSE, sob o nome AFIRSE Portugal. O processo foi conduzido pelo colega e membro de direcção, João Pinhal, a quem exprimimos aqui o nosso reconhecimento. Esse processo, de que demos conta na Assembleia Geral realizada durante o último colóquio da AFIRSE (dia 31 de Janeiro, pelas 18 horas), exigiu a realização de uma Assembleia convocada ad hoc (uma vez que não existia uma lista de membros)  que teve lugar no dia 13 de Dezembro do ano findo. Essa Assembleia aprovou os Estatutos previamente distribuídos e elegeu a nova direcção. A AFIRSE Portugal tem agora todas as condições para funcionar normalmente dentro dos Estatutos aprovados, tendo existência legal reconhecida, um NIF (510894275) e um NIB (003508240001182563072). A direcção eleita que, segundo os estatutos, tem um mandato de 2 anos, considera que é apenas uma direcção de transição, comprometendo-se a:

  • Organizar um novo colóquio no início de 2015;
  • Constituir a lista de associados;
  • Desencadear um processo eleitoral de constituição de listas de candidatos à direcção que será eleita na Assembleia a realizar durante o referido colóquio;
  • Cobrar quotas aos associados que foram fixadas em 30€ anuais.

Para que estes objectivos sejam possíveis, solicitamos a todos os que se considerem membros da AFIRSE ou pretendam vir a sê-lo, o favor de preencherem a ficha de inscrição, podendo, se assim desejarem, pagar já a sua quota por cheque enviando à AFIRSE Portugal ou por transferência bancária (NIB 0035 0824 00011825 630 72). O comprovativo de pagamento da quota deve ser enviado por mail para afirseportugal@gmail.com.

Informamos que os sócios da AFIRSE Portugal com as quotas em dia beneficiarão de um desconto de 10€ na inscrição do próximo Congresso da SPCE. A Direcção agradece a vossa colaboração que esperamos pronta.

Cordiais saudações

Maria Teresa Estrela
(Presidente da AFIRSE Portugal)


 Memória 1

Para memória futura, aqui fica registo do que se escrevia neste site a propósito da fase de transição decorrente da saída do Professor Albano Estrela da direção da Secção Portuguesa da Afirse:

Após mais de duas dezenas de anos liderada pelo Professor Albano Estrela, a Secção Portuguesa da AFIRSE contou, numa fase de transição para a AFIRSE PORTUGAL, com uma direção ad-hoc constituída por vários associados e com a liderança da Professora Maria Teresa Estrela. Os Professores Albano Estrela e Teresa Estrela, foram, aliás, os fundadores daquela que viria a ser uma das secções nacionais mais dinâmicas, a avaliar pelo número de colóquios realizados mas, sobretudo, pelo impulso efetivo que deu, no campo da Educação, em Portugal.

No ano de 2013, para além da Professora Teresa Estrela, que coordenou, a direção da Secção Portuguesa da AFIRSE foi constituída pelos seguintes professores:

  • Belmiro Cabrito, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
  • Carmen Cavaco, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
  • Fernando Albuquerque Costa, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
  • João Pinhal, do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
  • Maria João Cardona, da Escola Superior de Educação de Santarém
  • Patrícia Rosado Pinto, da Faculdade de Ciências Médicas da Univ. Nova de Lisboa

Dentro das finalidades definidas pela Afirse Internacional, a secção portuguesa propõe-se:

  1. Continuar com uma política de difusão e de intercâmbio de conhecimentos, mormente pela realização de colóquios internacionais;
  2. Estudar a oportunidade de promoção de alguns colóquios temáticos, a nível nacional ou local, para intercâmbio de trabalhos de investigação dos seus membros ou de reflexão sobre problemas educativos de interesse nacional;
  3. Estreitar as relações com Associações congéneres nacionais e internacionais de língua francesa e incentivar a ligação de grupos de investigação àqueles já existentes na AFIRSE, a nível internacional;
  4. Fidelizar os membros da AFIRSE que têm variado bastante, em função dos colóquios realizados ou a realizar;
  5. Abrir espaços informais de reflexão e investigação sobre temas pertinentes da atualidade;
  6. Elaborar os estatutos da secção portuguesa para posterior aprovação em Assembleia.