Problemática

A formação profissional, um dos grandes mitos do século XX, assumiu uma enorme centralidade nas sociedades contemporâneas, invadindo todos os domínios do social, impondo-se como uma resposta aos problemas sociais e económicos.

Porém, a crença nas virtualidades da formação profissional, entendida como condição necessária e suficiente para garantir o emprego, a mobilidade social, a competitividade e o desenvolvimento económico, tem vindo progressivamente a dar lugar a um sentimento de decepção e a uma ideia de ineficácia, devido ao agravamento das desigualdades sociais e ao crescente aumento de desemprego.

Por outro lado, a relação entre a educação e o trabalho, que se coloca de um modo incontornável na formação profissional, é marcada por perspectivas muito diferentes, filiadas em visões do mundo e do ser humano inconciliáveis, o que está na base de importantes dilemas e paradoxos.

A formação profissional é um campo de práticas com grande proximidade às dinâmicas sociais, em permanente recomposição, atravessado por dúvidas, tensões, contradições, caracterizado pela diversidade e complexidade.

O XX Colóquio Nacional da Secção Portuguesa da AIPELF/AFIRSE centra-se na seguinte questão:

Qual o contributo da investigação em Ciências da Educação para a análise e compreensão das tensões, dos paradoxos, da diversidade e da complexidade que marcam o domínio das políticas e práticas de formação profissional?

Procura-se contribuir para o debate, reflexão e problematização das questões que se colocam à formação profissional inicial e contínua, promovida dentro e fora do sistema educativo, nas escolas do ensino básico e secundário, nas escolas profissionais, no ensino superior, nas empresas, na administração pública e nas associações.

Eixos temáticos

O debate, a reflexão e a problematização são estruturados em torno de cinco eixos temáticos:

  • Eixo 1. Políticas de formação profissional inicial e contínua
  • Eixo 2. Dispositivos e métodos na formação profissional inicial e contínua
  • Eixo 3. Acompanhamento e avaliação na formação profissional inicial e continua
  • Eixo 4. Atores envolvidos na formação profissional: trajectórias, motivações, formação e identidade
  • Eixo 5. Impactos da formação profissional inicial e continua nas pessoas e nas organizações